A atriz Melissa Benoist, 31 anos, protagonista de Supergirl fez um relato emocionante em suas redes sociais. Ela divulgou um vídeo em que revelava ser uma sobrevivente da violência doméstica.

Melissa contou que sofreu por meses as agressões físicas e verbais de um parceiro. O vídeo de 14 minutos postado em sua conta no Instagram descrevia como eram as atitudes do agressor. “Ele era uma pessoa magnânima, que realmente não te dava outra opção que não se sentir atraída por ele. Ele poderia ser charmoso, engraçado, manipulador, desonesto. Ele era mais novo que eu, sua maturidade óbvia. Por um período de tempo, eu não estava interessada. Eu era recém-solteira”, contou.

A violência vivida pela atriz começou cinco meses depois de iniciar o relacionamento. A primeira delas foi quando o agressor jogou um smoothie (bebida feita com frutas) em seu rosto. “A verdade gritante é que aprendi como era ser presa e ser estapeada repetidamente, levar um soco com tanta força que o ar era arrancado de mim, ser arrastada pelos meus cabelos pelo chão, a cabeça golpeada até que minha pele quebrasse, ser empurrada contra uma parede com tanta força que o drywall quebrou, ser sufocada”, desabafou a atriz.

Melissa não falou quem era o parceiro com quem viveu e explicou como seu trabalho era um dos problemas no relacionamento abusivo. “Ele não queria que eu beijasse ou tivesse cenas de flerte com homens, o que era muito difícil de evitar, então comecei a recusar audições, ofertas de emprego, testes e amizades, porque não queria machucá-lo”, contou. Atualmente, ela é casada com o também ator Chris Wood, 31, que está no elenco de Supergirl, e o romance dos dois teria começado em 2017. A atriz já foi casada por um ano com seu colega de elenco Blake Janner, 27, da série Glee.

Melissa também revelou que não saiu do relacionamento por acreditar que poderia ajudar o seu parceiro de alguma forma. “Alguém tinha que deixá-lo saber que seu comportamento não era bom, e quem era melhor do que aquela em que ele estava descontando?”. Porém, as agressões só fizeram com que ela desvalorizasse a si mesma ao longo do tempo. “Aprendi a me trancar nos quartos, mas parei rapidamente porque a porta era inevitavelmente arrombada. Aprendi a não valorizar nenhuma de minhas propriedades – substituíveis e insubstituíveis. Eu aprendi a não me valorizar”.

Depois de tantas agressões, Melissa se tornou violenta para que conseguisse se defender, mas se orgulha da atitude. O momento que a fez sair definitivamente do relacionamento foi quando seu abusador jogou um celular em seu rosto, causando uma lesão em um de seus olhos que a afeta até hoje. “O impacto rasgou minha íris, quase rompeu meu globo ocular, rasgou minha pele e quebrou meu nariz. O meu olho esquerdo fechou de tão inchado. Meu lábio inchou… Algo dentro de mim quebrou, isso foi longe demais”, disse ela.

Ela ainda contou que, apesar de estar decidida, não foi fácil largar o agressor. “Partir não foi um passeio no parque. Não é um evento, é um processo. Tive sentimentos complicados de culpa por sair e por machucar alguém que protegi por tanto tempo, e sim, um sentimento triste de deixar algo familiar. Mas, felizmente, quanto mais eu deixava as pessoas entrarem (em sua vida) mais eu me fortalecia e  nunca perdi a sensação de clareza que me dizia: ‘Você não merece isso’”, explicou. A atriz finalizou o vídeo dizendo que essa era a sua história e que não há nada errado em compartilhá-la com as pessoas. “O que eu passei causou uma mudança na minha visão da vida”.

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *