E o inverno chegou… Para quem adora o frio esta é a melhor época do ano, já para os apaixonados pelo calor, chegou a hora de tirar a poeira dos casacos e aceitar as baixas temperaturas. Além do tempo mais gelado, parece que as opções de comidas gostosas aumentam, não é mesmo? Delícias da quermesse, fondue, uma boa pizza, bebidas quentes, vinhos. O que não falta são motivos, diga-se de passagem deliciosos, para “jacar”. Saiba que a famosa frase “sinto mais fome no inverno” não é desculpa.

A nutricionista Fernanda Grijó explica que sim, nós sentimos mais fome em dias frios. “Existe uma explicação metabólica para isso, mas basicamente, nosso corpo precisa manter-se aquecido em baixas temperaturas, para garantir que o organismo desempenhe suas funções básicas. Esse ajuste da temperatura faz com que precisemos de mais energia, e consequentemente, as necessidades energéticas e a fome aumentam”.

Pois é, agora sim ficou difícil, mas calma. Fernanda explica que nem tudo está perdido, dá para seguir a dieta combinando alimentos que trazem mais saciedade. “As opções são diversas, por exemplo, os mais ricos em fibras como grãos integrais, vegetais folhosos, hortaliças e frutas cítricas; gorduras boas como abacate, coco, oleaginosas e queijos; e proteínas como as carnes magras, leites e iogurtes. Sempre com moderação e acompanhamento de um nutricionista”, diz.

Lembre-se: a combinação dos três macronutrientes que são carboidrato, principalmente o integral, proteína e gordura boa é a pedida certa. Além do bom senso!

Comer é um prazer, mas não o único
A nutricionista explica que o aumento da ingestão de calorias no inverno, também está ligada a fatores comportamentais. “Nessa época é comum sair menos de casa, sentir preguiça e pouca vontade praticar atividade física, totalmente oposto ao verão, onde é comum estar mais ligado a atividades fora de casa e não pensar tanto em comida. Então a dica é: movimente-se, mesmo com preguiça”.

A prática de atividade física ou um passeio costuma diminuir a ansiedade, trazendo a sensação de felicidade por mais tempo do que a comida.
“Querendo ou não o festival de comidas gostosas vai acontecer, cabe a nós manter a porção correta do que comemos. Em eventos e festas é possível notar o hábito de comer sem um prato, ou utilizar algo bem maior do que temos em casa e aí está o erro. O correto é montar um prato de acordo com o que está acostumado e tentar limitar-se à ele”, explica a nutricionista.

O corpo do verão se conquista no inverno?
“Acredito que qualquer época do ano é boa para atingir o objetivo, porém o inverno é essencial para alcançarmos algumas metas. Lembre-se que a conta não fecha se somos saudáveis apenas no verão, é preciso equilíbrio o ano inteiro”, alerta Fernanda.
Alimento é prazer, cultura e até lazer com família e amigos. É característico do brasileiro ter um prato no meio de confraternização e é muito bom poder fazer isso, independente da estação do ano, porém ter bom senso é essencial para quem tem algum objetivo relacionado à alimentação. “Faça as pazes com sua refeição e seja feliz, você pode tudo, mas sempre com equilíbrio”, finaliza.

 

Fonte: We Brun

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *