Muitas pessoas, na maior parte do tempo, precisam que os outros lhe digam o que fazer. Desde que nascemos alguém nos dita o que vestir, o que comer, qual devemos seguir, de quem gostar e não gostar, que carreira escolher, etc. Nos acostumamos a isso: a receber ordens. Você precisa saber como ser o chefe da sua própria mente.

Sabia que uma pessoa produz, em média, cerca de 70 mil pensamentos por dia? Isso é muito. Sua mente é uma fonte inesgotável de energia, mas sabe como isso pode ser quantificado? Apenas como comparação, considere uma descoberta de Eisntein. Segundo o cientista, ao dividir um átomo, você poderia abastecer uma cidade inteira. Apenas um átomo!

Sua mente está cheia de energia, se não aproveitar esse poder, ela lhe será inútil. Ou pior, alguém irá usá-la para se servir dela. Se você não é chefe de sua mente e alguém será.

Esse fenômeno explica porque a maioria das pessoas no mundo trabalha para outras, no caso dos empregados assalariados. Em vez de trabalhar para si mesmas e ganhar seu próprio dinheiro, estes profissionais trabalham por um preço fixo porque é mais fácil para a mente.

Sabe como produzir boas ordens a si mesmo? Preparei alguns tópicos que irão auxiliar:

1.Limpe sua mente todos os dias

A mente e o corpo estão profundamente conectados: os pensamentos podem deixar o corpo estressado e o estresse fisiológico pode estressar a mente. Quando as pessoas estão estressadas, elas exercem o autocontrole para lidar com esses estressores e, por isso, costumam ter menos autocontrole. É importante diminuir o estresse para preservar a energia necessária para dominarmos nossas emoções. Há várias maneiras de fazê-lo, com evidências que mostram que funcionam até certo ponto.

  • Experimente técnicas de relaxamento como a respiração abdominal, que envolve inspirar fundo e segurar a respiração por alguns segundos, depois expirar durante vários segundos. Você também pode tentar focar sua mente em uma só palavra relaxante, como “calma” ou “paz”.
  • Faça exercícios! Eles o ajudarão a respirar fundo e relaxar os músculos.
  • Fale com amigos e familiares, pois o apoio social pode agir como um escudo contra o estresse.

2. Sorria, mesmo que não esteja com vontade.

Os sentimentos negativos podem diminuir o autocontrole e tornar mais difícil o controle da sua mente. Uma maneira de contra-atacá-los é apenas sorrir.

  • Embora a ideia de que sentir-se feliz faça você sorrir seja mais intuitiva, a hipótese do feedback facial sugere que sorrir pode fazer com que você se sinta feliz.

3.Recompense seus esforços de autocontrole bem-sucedidos.

Quando conseguir controlar sua mente, dê a si mesmo uma recompensa para continuar com o comportamento no futuro. Por exemplo, se você não queria se exercitar, mas forçou-se a fazê-lo mesmo assim, dê a si mesmo um chocolate ou um episódio do seu programa de TV favorito.

  • Cuidado para não exagerar na recompensa, ou você pode perder o controle e voltar para o ponto de partida. Por exemplo, se seu objetivo for perder peso e você tiver se controlado e se exercitado mesmo sem vontade, não coma vários chocolates, ou perderá o progresso que fez.

4. Faça um plano para sua vida.

Se você tiver um caminho claro do que deseja, correrá menos riscos de ser levado por tentações que farão mal a longo prazo. Anote o que deseja para a sua vida: quer ter uma boa carreira? Sua própria família algum dia? Tornar-se rico?

  • Você não precisa descrever passos detalhados para chegar nesses objetivos como parte desse exercício. Ao invés disso, lembre-se de manter suas metas maiores em mente para que possa permanecer no caminho certo.
  • Para formar objetivos pessoais, é importante estabelecer padrões altos, ou você falhará e pode acabar com sua motivação.
  • Defina metas, é como aprender a programar softwares, mas divida-as em objetivos menores e mais alcançáveis, como ler um capítulo de um livro sobre programação por semana. Dessa maneira, você poderá ver progresso palpável ao trabalhar para alcançar essas metas mais distantes.

Por Poli Oliveira | Couach

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *