Já podemos considerar aberta a temporada mais animada do ano, produção? O Carnaval está quase chegando, e não faltam opções para curtir: seja em uma ida à praia, com muito glitter nos blocos de rua ou até com samba no pé nos desfiles das escolas, o que a gente não deve esquecer nunca é do cuidado com o corpo.

Apesar de toda a alegria que a época traz, às vezes nem percebemos que ficamos horas sem beber água e comer, pulando e andando embaixo do sol. E desidratação + calor excessivo + falta de energia não combinam em nada. Pensando nisso, conversamos com três especialistas para descobrir quais as melhores estratégias para um Carnaval daqueles muito bons.

Pele: blocos durante o dia pedem proteção solar

protetor solar tem que estar com você do mesmo jeito que a sua amiga mais foliona: juntinhos ao tempo todo! E a garrafinha de água vai ser importante também na hora de reaplicar. “Quando for possível, dê uma lavada no rosto e passe o filtro. Se o clima estiver muito quente, opte por uma versão do produto com toque seco”, indica a dermatologista Adriana Cairo, do Hospital Heliópolis e membro das Sociedades Brasileira e Americana de Dermatologia

Se você não tem hora para ir embora, a médica dá mais uma dica de ouro. “É interessante tomar um nutracêutico oral logo de manhã. Ele irá complementar a ação do filtro solar”. As cápsulas, vendidas em farmácias e drogarias, contém ativos e nutrientes que encontramos nos alimentos. Assim, as que têm ação antioxidante, carotenoides e flavonoides protegem a pele e mantém o bronzeado. Óculos de sol, chapéu ou boné também são ótimos reforços para fugir dos raios ultravioletas — e podem deixar o look muito melhor.

Alimentação: carboidrato liberado antes do samba

Pense no desfile, bloquinho ou festa de carnaval como um treino. Nele, você precisa garantir energia suficiente antes, preocupar-se em manter a hidratação durante e fazer a reposição dos nutrientes depois da malhação. Como a folia geralmente dura muito mais do que uma sessão na academia (e muitas vezes está associada ao consumo de álcool, não podemos negar), o organismo é muito mais sobrecarregado.

Por isso, esqueça a dieta low carb no dia. Os carboidratos serão importantes para manter o gás durante o evento todo, desde que sejam escolhidos corretamente. “As refeições devem ser leves e nutritivas. Açaí com banana e granola é uma ótima opção. Caso esteja no horário do almoço, um frango ou peixe grelhados (em pouca quantidade) com legumes e verduras à vontade”, afirma nutrólogo Alexander Gomes de Azevedo, de São Paulo. Macarrão e arroz integrais também são bem-vindos, pois fazem parte dos chamados carboidratos complexos: são digeridos mais lentamente pelo organismo e garantem saciedade.

O que evitar? Tudo o que for gorduroso: frituras, empanados, gorduras de carne e frango e embutidos. “Eles roubam a energia na hora da digestão. O resultado é um corpo cansado, indisposto e o risco de ganhar alguns quilos na balança”, diz Alexander.

Na bolsa ou pochete, guarde um espacinho para emergências. “O melhor é aquilo que traz energia e é fácil de carregar, como castanhas, frutas secas e barrinhas de cereais saudáveis”, explica a nutricionista Ana Poletto, da clínica Cristiane Coelho, de São Paulo e PhD em Fisiologia Humana (USP).

Bebidas: o que tomar

Com o pé na rua, lembre-se sempre de beber água. Ainda mais se você for ingerir bebidas alcóolicas. “O álcool favorece a desidratação, por isso a gente urina mais. Desta forma, a hidratação é sempre importante aliada ao álcool”, diz a nutricionista. A dica de ouro é intercalar um copo de bebida com um de água.

E já que estamos falando disso mesmo, um alerta. “Uma cerveja, por exemplo, pode ter cerca de 145 calorias. Se você consumir cinco, estará ingerindo cerca de 700 calorias”, diz Ana. Cerca de um terço do ideal a ser consumido diariamente!

E não é só a cerveja não. Olha só o quanto de caloria cada bebida tem:

  • Cerveja (lata): 145 cal a cada 355 ml;
  • Chopp (tulipa): 130 cal a cada 300 ml;
  • Caipirinha com açúcar: 250 cal a cada 100 ml;
  • Cachaça: 230 cal a cada 100 ml;
  • Uísque: 120 cal a cada 50 ml;
  • Vodka: 120 cal a cada 50 ml.

Por Amanda Panteri | boa forma

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *