O bate-boca no Twitter começou quando Eduardo ironizou uma publicação em que Joice afirma que Bolsonaro conseguiu dividir o PSL – “o único partido que era 100% governo” -, comemorando a decisão do presidente deixar a sigla. “Falou a Bolsonaro de saias”

Por Revista Forum

Pronta para revelar a estrutura da milícia virtual que propaga notícias falsas em favor de Jair Bolsonaro desde a campanha eleitoral, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) parece ter muito mais a contar.

Na noite desta quarta-feira (12), Joice disse que Bolsonaro “trocou o país para salvar o rachadinha” – em refência a Fabrício de Queiroz – em uma invertida no filho 03 do presidente, o ex-colega Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que a havia chamado de “Bolsonaro de saias”.

“Eu me enganei. Infelizmente seu pai Ñ conseguiu nem segurar os filhos maluquinhos. Trocou o país p/ salvar o “rachadinha” e comprar a embaixada e/ou a liderança p/ o fritador de burguer. Eu avisei q vcs seriam a derrocada do gov. Compra 1 camisa de força e entra nela, moleque”, tuitou Joice.

O bate-boca no Twitter começou quando Eduardo ironizou uma publicação em que Joice afirma que Bolsonaro conseguiu dividir o PSL – “o único partido que era 100% governo” -, comemorando a decisão do presidente deixar a sigla.

“Q os xiitas saiam juntos e deixem os adultos trabalharem”, tuitou a deputada, que foi rebatida por Eduardo como “a mais filha que os filhos”.

Em resposta a comentário na mesma publicação, que indagava Eduardo se a nova sigla iria aceitar “candidatos que usam auxílios e privilégios”, Joice retrucou.

“Os maiores papa cargos e mamatas são eles. Aqui todos sabem”.

 

Convocada pela CPMI das Fakes News para dar explicações sobre as notícias falsas que foram propagadas durante as eleições do ano passado, Joice disse nesta terça-feira que uma apresentação em power point está sendo preparada para detalhar como funcionou o esquema de propagação de mentiras da campanha presidencial de Jair Bolsonaro.

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *