Estudiosos em gestão de pessoas da Fundação Getúlio Vargas, conceituam liderança como a arte de educar, orientar e estimular as pessoas a persistirem na busca de melhores resultados num ambiente de desafios, riscos e incertezas.

Interessante que quando pensamos em equipes vencedoras nos vem à mente, especialmente, as equipes ligadas aos esportes e atribuímos os méritos, do sucesso ou ganhos, ao técnico e ao seu trabalho junto ao time. Bernardinho se tornou o maior técnico de vôlei da história do Brasil, por ser considerado um perfeccionista, persistente e motivador – um exemplo de liderança. Ele afirma que a disciplina é fundamental nas conquistas, na verdade, o poder do hábito, que é essencial para conquistas no esporte e na vida.

Segundo a literatura, disciplina é a arte de conduzir a si mesmo sem desvios ou distrações. É manter o foco, responsabilizar-se e comprometer-se com a execução do trabalho de forma excelente. E era com base nisso que Bernardinho conduzia sua “equipe de ouro”. Portanto, a disciplina é uma das primeiras competências a serem desenvolvidas por um verdadeiro líder de equipe. Isso significa que para alcançar os objetivos e apresentar os resultados esperados, será indispensável ter ordem, criar a disciplina da cobrança mútua entre os indivíduos no que diz respeito à revisão regular de desempenhos e resultados. É papel da lideranças despertar e conscientizar para essa disciplina junto aos seus liderados.

Com esse artigo, queremos iniciar uma série de outros, que nos levará a refletir sobre as competências da liderança frente a sua equipe.

Por Edna Custódio | Comportamento

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *