País ocupa atualmente a 90ª posição em ranking do Fórum Econômico Mundial, ano passado ficou em 79º lugar.

Brasil caiu para a 90ª posição em ranking do Fórum Econômico Mundial que analisa a igualdade entre homens e mulheres de 144 países. A primeira edição desta pesquisa aconteceu em 2006 e o país havia ficado em 67º . Dos 10 países que lideram o ranking, seis são Europeus (dos cinco primeiros, quatro são nórdicos).

Dados

O relatório Global Gender Report foi divulgado nesta quinta-feira (02/11) e, segundo ele, as mulheres brasileiras enfrentam baixa participação em ministérios e no Legislativo, o que empurra o índica do país para baixo – mas já apresenta modestas melhorias em termos de paridade econômica.

O estudo também apresenta um subíndice chamado empoderamento político, no qual o Brasil caiu da 86ª posição para a 110ª. Isso mostra que dos 513 deputados federais, apenas 51 são mulheres. No Senado, nós representamos 13 das 81 cadeiras.

Dados

Entre diversos números apresentador por esse estudo, um dos mais chocantes é o que afirma que as mulheres precisariam de 217 anos para alcançar a renda dos homens – esse é a maior diferença entre gêneros em quase uma década. Saadia Zahidi, chefe de educação, gênero e trabalho do Fórum desabafou: “Em 2017 nós não deveríamos estar vendo o progresso para a paridade de gêneros ter um retrocesso. A igualdade de gênero é um imperativo moral e econômico. Alguns países entenderam isso e agora estão colhendo os dividendos das medidas tomadas para tratar o tema”.

Cosmopolitan | Malu Pinheiro

 

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *