Ver a imagem de origem

Dia Mundial do Coração: 7 dicas para cuidar bem do seu

O dia 29 de setembro é a data escolhida para conscientizar a população mundial sobre a importância de se preservar a saúde do coração e adotar hábitos saudáveis de vida. A ocorrência das cardiopatias, como são chamadas as doenças do coração, estão associadas aos costumes praticados por cada indivíduo.

Por isso, para ajudar você a manter o bom funcionamento do coração, e consequentemente do restante do corpo, listamos abaixo algumas dicas para a prevenção de doenças cardiovasculares:

  • Fique de olho na pressão arterial: as metas devem estar abaixo de 130 mmHg x 80 mmHg. Lembre-se de fazer a verificação frequentemente em farmácias, Unidades Básicas de Saúde ou sempre que visitar o médico. Se possível, mantenha uma agenda com as datas e valores aferidos para facilitar as consultas com o cardiologista.
  • Controle o nível de açúcar no sangue: o valor considerado normal é de até 126 mg/dL em jejum de oito horas. Acima deste valor, é necessário realizar os exames complementares. Em casos de pessoas diabéticas, é fundamental manter a regularidade das medicações.
  • Cuidado com o colesterol: o nível de colesterol total no sangue deve estar abaixo de 190 mg/dl, mas com índice acima de 40 mg/dl para o HDL – o colesterol considerado bom. Já o LDL, gordura ruim, deve ser abaixo de 130 mg/dl.
  • Coma bem: aumente o consumo de verduras, legumes, frutas, castanhas, grãos e peixes. Evite alimentos ultraprocessados como biscoitos, margarina, salgadinhos e comidas congeladas. E não esqueça da hidratação! Beba ao menos dois litros de água ao dia.
  • Abandone o tabagismo: não é fácil livrar-se de um vício, mas atualmente há diversas medidas comportamentais e terapias farmacológicas para quem precisa afastar-se do hábito, disponíveis também no Sistema Único de Saúde – SUS
  • Mexa-se: pratique atividades físicas moderadas ao menos 150 minutos por semana. Além de perder gordura, é possível melhorar a capacidade cardiorrespiratória e escapar do estresse do dia a dia.
  • Prevenção: ela é sempre o melhor remédio! Portanto, não deixa de visitar seu cardiologista periodicamente e seguir todas as orientações.

 

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *