Seu lar, doce lar pode ficar florido mesmo sendo pouco ensolarado.

Apartamentos com janelas pequenas e sem a orientação solar adequada, casas cercadas por prédios – e, portanto, com pouca entrada de luz solar – e sequências de dias nublados típicas das estações mais frias são os principais motivos que levam muitas pessoas a desistirem de ter flores em casa. Afinal, o mais comum é acreditar que flores precisam de luz plena do sol para desabrochar.

Miga, temos uma coisa boa para contar: há várias flores que não têm necessidade de sol para dar as caras e ficam lindas mesmo é com sombra ou com meia-sombra. “Não é só uma questão de não precisar: algumas simplesmente não toleram sol ou vento devido às pétalas delicadas e à própria estrutura da flor e podem morrer se forem expostas diretamente ao sol”, afirma a paisagista Carol Nunes.

Com a ajuda de Carol e também de Ana Maria Moraes (decoradora especializada em plantas) e de Luis Fernando Pinheiro (paisagista e jardinista), trazemos aqui uma lista de cinco flores de sombra e de meia-sombra para seu lar abrigar natureza colorida mesmo sendo pouco ensolarado.

Begônia

Flores de sombra e meia-sombra - begônia

 (schnuddel/Getty Images)

É uma flor delicada que precisa ser protegida do sol, do vento e da água. Trocando em miúdos, coloque-a em um lugar à sombra, em que não vente e não haja risco de respingos de chuva. E tome cuidado ao regá-la, para não deixar água cair nas pétalas.

Apesar de ser pouco exigente quanto às condições climáticas, a begônia tem um pulo do gato: ela precisa de nutrientes nas raízes, senão morre fraquinha. Por isso, sua terra deve ser um substrato turbinado (facilmente encontrado em qualquer floricultura).

Beijinho

Flores de sombra e meia-sombra - beijinho

 (Pinterest/Reprodução)

É uma das flores mais sem frescura do Brasil – daí o apelido “maria-sem-vergonha” –, que se dá bem com luz direta, sombra ou meia-sombra. Sua única exigência, assim como a begônia, é por uma terra com nutrientes. Aqui também é preciso investir em substrato.

Lírio da paz

Flores de sombra e meia-sombra - lírio da paz

 (Alberto Orozco / EyeEm/Getty Images)

Além de as flores serem delicadas, suas folhas são muito finas. “O lírio da paz pode ficar totalmente queimado em menos de uma semana de exposição ao sol. É uma das plantas que mais precisam de sombra”, diz Ana Maria.

Orquídea borboleta

Flores de sombra e meia-sombra - orquídea borboleta

 (Claudio Bacinello/Getty Images)

Ela se desenvolve melhor à sombra. Sombra mesmo, não meia-sombra. Uma boa ideia é acomodá-la em uma planta maior que a proteja da incidência solar. “Se não tiver uma planta grande para fazer esse papel de protetora, a melhor alternativa é adquirir um pedaço de tronco ou de lenha e simular a situação da natureza. Fica um arranjo bem bonito, rústico e que combina com qualquer decoração”, observa Ana Maria.

Violeta

Flores de sombra e meia-sombra - violeta

 (Pinterest/Reprodução)

Não é à toa que os vasinhos de violetas são clássicos nas casas de quase todas as famílias: suas flores, lindinhas que só elas, se dão bem em ambientes fechados e sombrios – ou seja, o vaso pode ser colocado em qualquer cantinho e tudo bem.

Uma atenção extra que a violeta demanda é quanto à rega, que não pode ser excessiva (ela apodrece e morre) nem espaçada demais (ela resseca e… bem, morre). A melhor maneira de saber se ela precisa ser hidratada é colocando a mão na terra: se ela estiver com a camada externa soltinha (= seca), é hora de regar; se estiver compacta (= úmida), pode esperar mais um pouquinho.

Você Pode Gostar

Faça um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *